Arquivos

Ao longo do ano, em vários locais da capital, a Alliance Française de Luanda realiza concertos, palestras, teatro… para propiciar o intercâmbio e a descoberta.

Concerto Julien Martineau

CONCERTO DE COMEMORAÇÃO DO CENTENÁRIO DO FIM DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

As embaixadas da República Federal da Alemanha e da França apresentam dois concertos do bandolinista virtuoso Julien Martineau, em alusão ao fim da Primeira Guerra Mundial. As apresentações acontecerão nos dias 14 e 15 de Novembro, às 19h, no Memorial António Agostinho Neto. A apresentação do dia 14 será reservada para convidados e a apresentação do dia 15 será aberta ao público gratuitamente.
O repertório do Concerto será composto de grandes sucessos da música clássica francesa e alemã e do repertório popular contemporâneo.

Prélude de concert // Laurent Fantauzzi
Adagio de la 1e sonate BWV 1001 pour violon seul // Johann Sebastian Bach
5e danse hongroise // Johannes Brahms
Crépuscule // Laurent Fantauzzi
L’hymne à l’Amour // Edith Piaf (transcription Julien Martineau)
Sur le Fil // Yann Tiersen (transcription Julien Martineau)
Nocturne // Alfred Cottin

Espectáculo científico “Eferveciências”

CIÊNCIAS

6/11, 10h, Escola Francesa de Luanda
7/11, 11h, Escola Eiffel de Caxito
8/11, 11h, Escola Eiffel de N´dalatando
9/11, 14h, Escola Eiffel de Malanje

Espectáculos gratuitos, reservados para os alunos e os convidados da Escola Francesa e dos liceus Eiffel.

Entre 6 e 9 de Novembro, a Alliance Française de Luanda e a Embaixada da França organizarão uma turnê do inovador projecto “Eferveciências” (“Effervesciences”). São conferências-espectáculos, ministrados pelo pesquisador francês Richard Eastes, que procuram fomentar o conhecimento e a descoberta de forma lúdica e participativa. Na prática, os alunos irão escolher experiências de física e de química com conteúdos divertidos, que serão realizadas diante dos seus olhos. Estas experiências permitirão ensinar leis fundamentais destas disciplinas. O projecto recebe o patrocínio especial da Total E&P Angola, fundadora e financiadora da rede Eiffel, e tira a sua coerência da própria natureza desta rede de ensino: o seu caracter inovador e o seu foco nas ciências exactas.

O CONFERENCISTA: RICHARD EASTES:

Formado na conceituada Escola Normal Superior, Richard-Emmanuel Eastes é Doutor em Química, Ciências da Educação e Filosofia. Durante 15 anos, leccionou Química, Ciências Cognitivas e Comunicação na Ecole Normale Supérieure de Paris. Em seguida, dirigiu o Museu das Artes e das Ciências Pierre-Gilles de Gennes e uma alta escola de pedagogia na Suíça. Fundador de diversas associações especializadas na cultura científica e nas relações entre ciências e sociedades ele criou o conceito de “palhaço de ciência” bem como as conferências experimentais “Effervesciences”.

O PROJECTO “EFERVECIENCIAS”:

O conferencista torna-se actor neste inovador projecto de vulgarização científica. O espectáculo começa em música, com uma primeira experiência cheia de surpresas. Depois começa a conferência! Ela é participativa, pois os alunos escolhem as experiências a serem realizadas e interagem com Richard Eastes durante todo o processo. Perguntas e respostas, muitas vezes com bom humor, cativam a atenção do público e facilitam a compreensão e a memorização das leis fundamentais da química e da física.

EXEMPLOS DE EXPERIÊNCIAS

Como fazer levitar uma bola de ping-pong com secador de cabelos? Pode-se ascender uma vela sem contacto entre a chama e o pavio? Pode-se trancar um som numa garrafa? Por que o gelo derrete-se? Podem cultivar-se jardins químicos? Quem é o mais rápido entre o ovo cru e o ovo cozido?

A REDE DAS ESCOLAS EIFFEL:

A Localizadas nas cidades de Caxito (Açucareira), Ndalatando, Malanje e Ondjiva, as escolas Eiffel são escolas públicas do II° ciclo do ensino secundário (da 10ª à 12ª classes). As mesmas resultam de um acordo assinado em 2008, entre o Ministério da Educação, a Total E&P Angola , a Embaixada de França e a Missão Laica Francesa, com o objectivo de reforçar a componente de qualidade do Ministério da Educação. O programa é estabelecido pelo Ministério da Educação Nacional, e são leccionadas disciplinas nas mais diversas áreas, nomeadamente, em matemática, química, trabalhos práticos, para além do ensino de duas línguas estrangeiras (francês e inglês). A construção, orçada em cerca de um milhão e seiscentos mil (1 600 000), dólares norte americanos, a manutenção e os custos de funcionamento das escolas estão a cargo da Total E&P Angola, enquanto a direcção e gestão pedagógica estão sob responsabilidade da Missão Laica Francesa. O corpo docente é composto por professores nacionais que beneficiam de formação contínua complementar.
Entre 2011 e 2018, 1135 finalistas foram aprovados de um total de 1222 alunos. Mais de 700 acederam ao sistema universitário em Angola e no estrangeiro. Com esta iniciativa, Total E&P Angola venceu o Prémio SIRIUS na categoria do Melhor Programa de Responsabilidade Social.

DIPLOMAS DO CAPLE

Inscrição até 26/10 Em: http://caple.letras.ulisboa.pt/inscricao

Conferências sobre antropologia em Angola

HISTÓRIA/ANTROPOLOGIA

Terça-feira, 16 de Outubro das 10h às 12h e das 14 às 17h
Quinta-feira, 18 de Outubro das 10h às 12h e das 14 às 17h

As conferências acontecerão no Centro Cultural Brasil-Angola (Rua Cerveira Pereira, 19, Baixa de Luanda, Coqueiros) e serão abertas ao público gratuitamente.

Nos dias 16 e 18 de Outubro, as Embaixadas da França e da Alemanha com o financiamento do Fundo Cultural Franco Alemão (Fonds Culturel Franco Allemand),
irão organizar uma série de conferências sobre antropologia em Angola. Serão abordadas temáticas como a história do Reino Kongo e sua estética; o comércio dos escravos nos séculos XVII e XVIII, a história e o significado dos objectos etnográficos (pensador Cokwe, Nkisi Konde).

Estas conferências, terão a participação especial do Prof. Dr. Jean de Dieu Nsondé, especialista da História do Reino Kongo, radicado na Guadalupe, e do Prof. Manzambi vuvu Fernando docente da UAN.

As referidas conferências serão realizadas no âmbito da valorização do Património cultural angolano.

PROGRAMAÇÃO DAS CONFERÊNCIAS
Terça-Feira, 16/10
9-12h

“A Antropologia em Angola (história da disciplina, estado actual e desafios)”
Prof. Dr Manzambi Vuvu Fernando

“As coleções do museu de antropologia”
Dir. Alvaro Jorge

“A desconstrução do Pensador Cokwe”
Prof. Dr Manzambi Vuvu Fernando

14-17h
“Configuração do Reino Kongo, uma entidade política ou cultural?”
Prof. Manzambi Vuvu Fernando

“A estética do Reino Kongo”
Prof. Dr. Jean de Dieu Nsondé (França)

Quinta-feira, 18/10
10-12h

“O comércio dos escravos no Reino Kongo”
Prof. Dr. Jean de Dieu Nsondé (França)

“Kimpa Vita a fragmentação política no reino do Kongo e as suas
implicações no trafico Transatlântico no séc. XVIII”

Professora Dra. Constança do Nascimento da Rosa Ferreira de Ceita

14-17h
“A contríbuição do futuro Museu do Reino do Kongo na preservação do Património Cultural”.
Prof. Dr. Ziva Domingos (Director Nacional dos Museus)

“Conferência sobre linguística africana”
Prof Dr. Vatomene Kukanda

“O uso de material de recuperação nos objectos de culto Kongo”
Prof. Dr ManzambiVuvu Fernando Manzambi

Pages